Sina de Escritor:

Um mergulho na alma, uma aventura pelo mundo, um aprendizado na vida e o conhecimento como bússola

Textos

RESCALDOS DO ENTREGUISMO
Jorge Luiz da Silva Alves



Encerrada a extensa guerra civil entre as dezenas de brasiléias, criadas a partir da deturpação completa de uma democrática Carta Magna, os financiadores da desagregação apresentaram-se ao teatro de operações: kevlars, stealth bombers, balísticos de longo alcance, 'quintas-frotas' e quintas-colunas (como o juiz mourisco, compactuante da entrega da dignidade pátria aos estranhos) amarraram seus poderes no obelisco da submissão e começaram a ocupar as melhores partes dum gigante esquartejado. No coração antes carioca, iniciava-se a venda dos 'filés-das-elites', as filhas de empresários e esposas de poderosos políticos da derrubada tupinicópolis, ingênuas criaturas 'bolçálicas' que ainda achavam que, ao fugir parte para Miami, parte para as asas das Águias Brancas do Norte, ganhariam Cartão Verde e flanariam pela Times Square como típicos ianques ou sofisticados europeus ocidentais... A decepção tomou forma em aterrorizada expressão de impotência quando o pregoeiro abriu o leilão oferecendo a neta de um ex-poderoso agronegociante do Mato Grosso do Sul, assassino de índios e implacável empalador de camponeses sem-terra, para ávidos fazendeiros do Texas, sequiosos por reacender as tovhas da Klan no Cone Sul e plantar estranhos frutos nas árvores da Floresta da Tijuca. Por toda a Terra de Santa Cruz, os filhos deste solo tão gentil e esculachado eram oferecidos como carne barata, sem nenhum critério ou piedade.

Tela de Jean-León Jerôme.

http://www.jorgeluiz.prosaeverso.net
Jorge Luiz da Silva Alves
Enviado por Jorge Luiz da Silva Alves em 16/11/2017
Alterado em 16/11/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
"Eppur si muove" - Galileo Galilei