Sina de Escritor:

Um mergulho na alma, uma aventura pelo mundo, um aprendizado na vida e o conhecimento como bússola

Textos

ETERNA LACTÊNCIA
Jorge Luiz da Silva Alves
(Inspirado em Ignácio de Loyola Brandão, “Não Verás País Nenhum”)




   Não sei se o Loyola compreenderia, mas bem pior do que o 'País Nenhum" vaticinado por seu futurismo literário é este Arrazoado Trimilênico que vivemos, salseiro tecnológico repleto de facilidades que dificultam a compreensão do conceito de Humanidade; oportunos mecenatos públicos e privados, pseudo-sapiência destinada a confundir inocências maiores de idade e menores de responsabilidade social, filosofias bolorentas, jactanciosas na faina cruel em escolher titulados para limpar as latrinas de endinheirados e decorar esgotos com pôneis e unicórnios. Talvez o Ignácio desconfiasse que, mesmo enganoso, o futuro reservaria a condigna saga de questionar e ser ouvido - ao menos! Mas, pelo visto, aquele país promissor continuará sendo promissor, ou seja: jamais sairá do berço esplêndido.

http://www.jorgeluiz.prosaeverso.net
Jorge Luiz da Silva Alves
Enviado por Jorge Luiz da Silva Alves em 10/03/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
"Eppur si muove" - Galileo Galilei